Quase Jurista [2] – A constituição é um mistério | Blog Ronaldo Bastos

*Quase Jurista é uma série de ficção.

Dr. Postula chegou antes do Fórum abrir. Teve que esperar do lado de fora. No dia anterior recebeu uma ligação de um amigo que dizia que não estava na melhor das situações: ele tinha sido preso. Injustamente, claro. Dr. Postula nem conseguiu dormir à noite. O desespero foi tão grande que nem percebeu que tinha chegado antes de iniciar o expediente forense.

Enquanto o Fórum não abria ficou pensando como lhe incomodava advogar para amigos. A sensação era que a responsabilidade seria muito maior. Mesmo depois que o processo encerra é comum cruzar com o cliente-amigo ou com seus familiares. Certa vez advogou para sua prima, perdeu o processo e ela soltou umas indiretas na ceia de natal. Era muito melhor advogar para estranhos. Quando se perde um processo a culpa é sempre do juiz comprado ou do direito ruim, mas nunca do advogado. Agora, se o processo é de alguém da família, incompetente é sempre você. Sempre tem um parente que diz que era melhor ter contratado alguém que cobrasse, pois quem trabalha de graça nunca se esforça muito.

Ainda perdido nos seus pensamentos, Dr. Postula escutou o portão do Fórum se abrir. Nem quis esperar o elevador chegar, foi direto de escada. Chegou na Vara esbaforido e já chamou por Burócrata.

-Burócrata, o meu cliente foi preso.

-Estou sabendo…

-Mas foi flagrante forjado. A prisão é ilegal.

-Quem disse, Dr. Postula?

-Eu que tô dizendo, rapaz. E mais, a constituição também diz.

-E como o senhor sabe o que a constituição diz?

-Porque eu já li a constituição.

-Pois eu nunca a li inteira, mas já sei que isso não tá lá.

-Como assim?

-É que existem artigos da constituição que ainda não foram escritos…

-Como pode?

-Dr. Postula, isto o senhor tem que perguntar ao Dr. Magister, porque é ele que sabe o que tem na constituição. Ninguém mais sabe.

-Sério?

-Sério. Mas não se preocupe, em breve Dr. Magister vai se manifestar sobre isto.

-Sobre o quê?

-Sobre o artigo que ainda não foi escrito e que, quando ele escrever, ele vai aplicar ao seu caso.

-E como ele vai aplicar um artigo que não existe para um crime que já aconteceu?

-Alto lá, Dr. Postula. Não confunda as coisas. O artigo já existe, ele só não foi escrito.

-Para mim, a constituição só poderia ser modificada por emenda constitucional!

-Que nada, isso aí é puro academicismo… Hoje, por exemplo, temos muito mais constituição do que em 1988.

-Por que?

-É que a constituição diz que é o juiz que diz o que ela diz… E de lá para cá muitos juízes já disseram muito da constituição…

-Então, só o Dr. Magister mesmo para saber o que tem na constituição, né?

-Isso mesmo, Doutor. Agora o senhor entendeu. A constituição é um mistério.

***

Episódio anterior:

Quase Jurista [1] – O nome do cargo

***

BLOG SUSTENTADO PELOS LEITORES. Se este post lhe ajudou, ajude financeiramente o blog a produzir conteúdos de forma independente. Clique no botão abaixo para doar qualquer valor ou deposite diretamente na minha conta: Ronaldo Carvalho Bastos Junior, Banco do Brasil, Agência 3056-2, Conta Corrente 20.605-9, CPF: 066.268.414-16😉

donate-pt

 

Deixe uma resposta