dezembro 2017

Latim do Jurista [10] – Ignorancia legis neminem excusat | Blog Ronaldo Bastos [77]

Latim do Jurista [10] – Ignorancia legis neminem excusat | Blog Ronaldo Bastos [77]

  *** BLOG SUSTENTADO PELOS LEITORES. Se este post lhe ajudou, ajude financeiramente o blog a produzir conteúdos de forma independente. Clique no botão abaixo para doar qualquer valor ou deposite diretamente na minha conta: Ronaldo Carvalho Bastos Junior, Banco do Brasil, Agência 3056-2, Conta Corrente 20.605-9, CPF: 066.268.414-16😉 __ATA.cmd.push(function() { __ATA.initDynamicSlot({ id: ‘atatags-1214811891-5f29c362dbe4f’, location: 120, formFactor: ‘001’, label: { text: ‘Anúncios’, }, creative: { reportAd: { text: ‘Denunciar este anúncio’, }, privacySettings: { text: ‘Configurações de privacidade’, } } }); });

Latim do Jurista [3] – Dura lex, sed lex | Blog Ronaldo Bastos [44]

Latim do Jurista [3] – Dura lex, sed lex | Blog Ronaldo Bastos [44]

*** BLOG SUSTENTADO PELOS LEITORES. Se este post lhe ajudou, ajude financeiramente o blog a produzir conteúdos de forma independente. Clique no botão abaixo para doar qualquer valor ou deposite diretamente na minha conta: Ronaldo Carvalho Bastos Junior, Banco do Brasil, Agência 3056-2, Conta Corrente 20.605-9, CPF: 066.268.414-16😉

Artigo: “Razão Populista e Democracia direta no Equador (1978-2011): uma pesquisa quantitativa”

Artigo: “Razão Populista e Democracia direta no Equador (1978-2011): uma pesquisa quantitativa”

Artigo publicado nos Anais do III Encontro Internacional de Democracia, Participação e Políticas Públicas. RESUMO Trata-se de uma pesquisa em desenvolvimento que pretende analisar, a partir de uma metodologia quantitativa, os efeitos políticos da utilização dos mecanismos de democracia direta (MDDs) no Equador no período de 1978-2011. A hipótese é que, no Equador, o populismo possibilitou que interesses populares, antes excluídos dos processos políticos, passassem a fazer parte da agenda política nacional. Os dados foram colhidos dos 9 eventos de democracia direta ocorridos no Equador, Continue lendo