setembro 2018

5 métodos para escolher os melhores candidatos nas eleições

5 métodos para escolher os melhores candidatos nas eleições

Como ter um voto consciente e escolher os melhores candidatos? Penso que existe 5 modos de fazer isso. 1) ACESSAR O SITE DOS ÓRGÃOS ELEITORAIS Para ser candidato a algum cargo eletivo, é preciso registrar a candidatura nos órgãos eleitorais: candidatos a Presidente, Deputado Federal e Senador devem registrar a candidatura no TSE. Já candidatos a governador e deputado estadual devem registrar no TRE. Então, uma primeira forma de escolher candidatos é ver as candidaturas que estão registradas nos órgãos eleitorais. 2) LER AS PROPOSTAS Continue lendo

Faculdade de Direito [5] – Por que os assuntos relevantes estão dispersos?

Faculdade de Direito [5] – Por que os assuntos relevantes estão dispersos?

No post anterior procurei mostrar que assuntos teóricos podem ser relevantes para a prática jurídica. Por outro lado, é preciso dizer: o jovem jurista aprende uma série de assuntos na Faculdade de Direito que nunca utilizará na prática jurídica. Em uma visão mais otimista, eles constituem conhecimentos que, a despeito de lhe tornar um jurista um pouco mais qualificado e atento a determinados problemas sociais, nem de longe são imprescindíveis para o exercício da prática jurídica. Isto porque, dentre as disciplinas teóricas, existem assuntos que Continue lendo

Guia de Leitura | “O que é o terceiro estado”, de Emmanuel Sieyès

Guia de Leitura | “O que é o terceiro estado”, de Emmanuel Sieyès

Este post faz parte da série GUIAS DE LEITURA, produzida pelo Blog Ronaldo Bastos. O objetivo é facilitar o entendimento do livro “O que é o terceiro estado?”, de Emmanuel Sieyès, que ao ser traduzido para o português recebeu o título de “A constituinte burguesa”. Apesar de incorreto, o título não é incoerente, mas é um título comercial, porque não é o título que corresponde à tradução literal da obra original. A grande importância dessa obra de Sieyès está no fato de que ela é Continue lendo

Faculdade de Direito [4] – Por que as disciplinas de prática jurídica são pouco relevantes?

Faculdade de Direito [4] – Por que as disciplinas de prática jurídica são pouco relevantes?

  No post anterior eu falei que a forma como estudamos as disciplinas jurídicas dogmáticas é equivocada, pois os professores estão formando juristas competentes para fazer provas, e não para a prática jurídica. No entanto, ainda há uma outra questão que quero debater: existem assuntos teóricos que são relevantes para a prática jurídica? A resposta é sim, existem alguns temas teóricos que não há jurista que seja jurista e que não conheça estes temas. Mais do que isso. Esses temas fazem parte da própria persona Continue lendo

Faculdade de Direito [3] – Que tipo de profissional é o jurista?

Faculdade de Direito [3] – Que tipo de profissional é o jurista?

Eu fiz duas aulas anteriores sobre a Faculdade de Direito: na primeira, eu expliquei como funciona a faculdade, e na segunda eu expliquei que na faculdade de direito existem dois tipos de professores: há os que consideram que o papel da faculdade é ensinar os estudantes a fazerem provas e outros que consideram que o seu papel é transformar estudantes em juristas. Na aula de hoje eu quero refletir sobre a seguinte questão: como podemos saber se um assunto ou disciplina da faculdade de direito Continue lendo