Como usar o ÍNDICE SISTEMÁTICO do Vade Mecum?

Olá, Jovem Jurista!

É impressionante como os juristas passam anos, às vezes décadas portando um vade mecum e, mesmo assim, não conseguem apreender todas as suas funcionalidades. Alguns deles não sabem de algumas ferramentas que podem ajudar bastante a sua prática profissional, inclusive em áreas que eles não dominam.

O objetivo desta nova série do Blog é ensinar uma série de formas de usar o vade mecum.

A primeira delas é o Índice Sistemático.

Deixa eu me pegar como exemplo. Eu sou constitucionalista, professor de direito constitucional e trabalho como assessor de magistrado em uma vara criminal. Certo dia, um amigo do meu pai me perguntou como ele poderia cancelar a hipoteca da casa dele. Bom, eu não sou civilista, mas também não sou um analfabeto jurídico. Mesmo não sendo minha área, eu não quis deixá-lo na mão.

Achei bom que meu pai puxou um outro assunto e desconversou. Aproveitei pra sair da mesa e pegar o vade mecum que eu tinha na bolsa.

Como disse, sei alguma coisa de civil. Sei que hipoteca faz parte do “direito das coisas”. Então, fui no Índice Sistemático do Código Civil. Comecei a procurar e achei o “Título X – Do penhor, da hipoteca e da anticrese“. Em seguida, achei, dentro do Título X, o “Capítulo III – Da hipoteca“, e percebi que existe uma seção IV, cujo nome é “Da extinção da hipoteca”.

Deu pra entender como pude dar uma primeira consultoria de uma matéria que não era minha especialidade?

Se você quiser saber de outras formas de usar um vade mecum, clique na imagem abaixo. Nesta aula eu ensino 7 formas de usar um vade mecum.

 

 

Anúncios

Deixe uma resposta