Como usar o ÍNDICE ALFABÉTICO do Vade Mecum?

Olá, Jovem Jurista!

É impressionante como os juristas passam anos, às vezes décadas portando um vade mecum e, mesmo assim, não conseguem apreender todas as suas funcionalidades. Alguns deles não sabem de algumas ferramentas que podem ajudar bastante a sua prática profissional, inclusive em áreas que eles não dominam.

O objetivo desta nova série do Blog é ensinar uma série de formas de usar o vade mecum.

Em um post anterior, já ensinei como usar o Índice Sistemático. Agora, quero ensinar como usar o Índice Alfabético.

Como eu disse no post anterior, certo dia um amigo do meu pai me perguntou como ele poderia cancelar a hipoteca da casa dele. Mesmo não sendo civilista,  eu não quis deixá-lo na mão.

Naquele post ensinei a vocês como dar uma primeira consultoria utilizando-se do Índice Sistemático.

Será que também podemos dar consultoria a partir do Índice Alfabético?

A resposta é um sonoro SIM.

Imagine que eu nem soubesse que a hipoteca pertencia ao direito das coisas. Sem problemas. Eu iria em um outro tipo de Índice, o Índice Alfabético, e procuraria a palavra “Hipoteca”. Se eu descesse mais um pouco acharia a palavra “cancelamento”: art. 1500.

Veja que, por esse exemplo que eu lhe dei, existem dois tipos de índices: o sistemático e o alfabético. Pelo alfabético eu posso procurar as palavras que eu quero e buscar as normas que se referem a ela. Já pelo sistemático, eu consigo ter uma visão técnica geral de como o código e os temas estão divididos.

Gostou da dica?

Bom, o blog tem uma aula completa sobre como você pode usar o vade mecum de 7 formas diferentes.

Se você se interessar por este tema, clique na imagem abaixo.

 

Anúncios

Deixe uma resposta